Página inicial » Informações » Sala de Imprensa

Sala de Imprensa

Turismo de Base Comunitária em Cananeia

Indo na contramão do turismo convencional – que concentra a renda e gera desigualdade economicosocial - o município de Cananeia, localizado no Vale do Ribeira, litoral sul do Estado de São Paulo, encontrou no turismo de base comunitária uma opção a mais para contribuir na renda da comunidade, na valorização da produção, da cultura e das identidades locais, sem substituir as atividades econômicas tradicionais.

Nesse viés de turismo, que tem princípios de economia solidária, os/as visitantes têm momentos de vivência com a comunidade cananeense, desenvolvendo um turismo diferente, onde são estabelecidas relações de cooperação e parceria entre si, trocas culturais, a realização de trilhas ambientais, entre outras atividades que aproximam todos/as e se constituem em momentos ricos e inesquecíveis. Ou seja, todo o processo de elaboração dos roteiros turísticos conta com a participação dos/as moradores/as de Cananeia, onde cada grupo/comunidade aponta quais os atrativos de suas comunidades podem ser oferecidos aos/às turistas e o tempo e custo de cada um [roteiro], de forma que consigam tornar esse processo participativo e satisfatório para todos/as.

Para constatar essa experiência, eis um trecho do depoimento de Martha Elisa Lemos de Carvalho, uma das visitantes do turismo comunitário em Cananéia: "(...) A aproximação com as comunidades, na prática, com toda sua pluralidade, diversidade e simplicidade nos despertou os sentidos, despertou a alma. Convite ao encontro, afeto, sabedoria de vida... história, tradição, memória, ancestralidade. Uma coisa é ’ouvir falar’, outra, vivenciar”.

É importante lembrar que o município de Cananeia vive, basicamente, da pesca e do turismo e que, por isso, fortalecer iniciativas que enfoquem nesse potencial são imprescindíveis.

Entre as comunidades e grupos que participam da Rede Caiçara de Turismo Comunitário estão: as comunidades tradicionais caiçaras do Itacuruçá, Marujá e Enseada da Baleia, que se localizam na Ilha do Cardoso; a comunidade tradicional caiçara do Ariri; a comunidade tradicional de Santa Maria, a comunidade quilombola do Mandira, localizadas na parte continental do município; seis sítios da agricultura familiar; grupos culturais e grupos de artesanato local, além do Ponto de Cultura ‘Caiçaras’.

Nessa gama de opções é possível ao turista vivenciar experiências antropologias, culturais, sociais e ambientais, tudo isso em um só lugar, porém com uma diversidade enorme em todas essas áreas.

fone: (13) 3851-1201 / 98120-1330

email: